KELVEM O GAROTINHO DO FORRÓ

Forrozando com você ao vivo.

KELVEN O GAROTINHO DO FORRÓ

Com o melhor do forró ao vivo.

KELVEN O GAROTINHO DO FORRÓ

Com o melhor do forró ao vivo.

KELVEN O GAROTINHO DO FORRÓ

Forrozando com você ao vivo.

KELVEN O GAROTINHO DO FORRÓ

Forrozando com você ao vivo.

sexta-feira, 27 de maio de 2016

IGUATU - Homem é alvejado com um tiro na cabeça no Sítio Barra II

Noite de quarta feira (25), violenta no Sítio Barra II em Iguatu, onde por volta das 21h um homem de 24 anos, identificado por Marcelo Bruno de Souza, foi alvejado com um tiro na cabeça. A ação criminosa foi executada por um homem numa moto, testemunhas afirmaram que o atirador usava roupas e capacete preto, além da moto que possivelmente seria uma Titan também preta. Segundo os populares, a vítima estava sentada em um bar conversando com amigos, quando o grupo foi abordado pelo motoqueiro, “ ele chegou no local guiando a moto com uma mão e na outra estava a pistola, foram cerca de cinco disparos, um deles acertou a cabeça do Marcelo”, disse uma testemunha. Após isto, o bandido saiu em fuga na direção de Iguatu, populares socorreram Marcelo Bruno que deu entrada com vida no Hospital Regional de Iguatu, seu estado é grave e o mesmo será conduzido para um hospital de Fortaleza.

Mulher é assassinada com um golpe de faca no pescoço em Iguatu

Uma mulher foi assassinada na manhã desta sexta-feira, 27, onde por volta das 09h um homem ao chegar na sua casa encontrou a sua esposa morta na varanda da casa, Maria Oneide, a mesma foi morta com um golpe de faca no pescoço. A casa está localizada na Travessa da Lagoa Seca com a Rua 25 de Março. Segundo o delegado Jerffison Pereira, tudo indica que foi um latrocínio, “o marido saiu de casa na manhã e quando voltou encontrou a esposa morta, sumiu da casa o valor de R$5 mil e estamos trabalhando incialmente com a linha de investigação sobre um latrocínio”. Além da Polícia Civil, policiais militares e uma equipe da PEFOCE estiveram no local, o corpo da vítima foi conduzido para o IML de Iguatu, diligências estão sendo realizadas mas até o momento não existe indícios de quem seriam os suspeitos.

sexta-feira, 20 de maio de 2016

Tropa da PM ameaça paralisar atividades se Ciro Gomes for nomeado para a Segurança Pública

A possibilidade de o ex-governador do Ceará Ciro Gomes assumir o comando da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), em substituição ao delegado federal Delci Teixeira, causou um a reação imediata na tropa da Polícia Militar. Oficiais e praças estão mobilizados a ameaçam paralisar imediatamente as atividades da Corporação caso o fato seja consumado. O governador Camilo Santana (PT) não está propenso a admitir a mudança, mas sendo pressionado pelos Ferreira Gomes. Oficiais do alto escalão – coronéis e tenentes-coronéis – já se reuniram informalmente e decidiram que, caso a nomeação de Ciro aconteça – todos entregarão seus cargos de comando e assessoramento imediatamente. Já a tropa de rua foi mais além: Ciro assume e a PM paralisa. Esta não é a primeira vez que Ciro Gomes tenta emplacar seu nome no comando da SSPDS. No segundo mandato de seu irmão Cid Gomes como governador do estado, chegou a prestar uma “assessoria” à Pasta, embora sem aparecer publicamente em tal função. Nos bastidores da Polícia Civil, o nome de Ciro Gomes também é rejeitado, principalmente pelos delegados. Milícia Durante a campanha eleitoral para governador, Ciro Gomes desferiu repetidas acusações graves à tropa da PM, alegando que dentro da Corporação existia uma milícia responsável pelo crescimento das taxas de homicídios na gestão do irmão. E apontava o hoje deputado estadual Capitão Wagner (PR) como o “cabeça” da suposta organização criminosa fardada. Ciro estimulou Cid a punir todos os PMs que tiveram a coragem de assumir publicamente serem eleitores do candidato opositor a Camilo Santana, o senador Eunício Oliveira (PMDB). E Cid aceitou. Determinou que a Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos da Segurança Pública e do Sistema Penitenciário (CGD) instaurasse processos administrativos disciplinares (PAD) contra vários oficiais e praças. Alguns foram ameaçados de expulsão das fileiras da PM. A real possibilidade de Ciro assumir a titularidade da SSPDS, por estar desempregado, e Camilo receber pressões de Cid Gomes, aflorou a mágoa da tropa com as acusações – não provadas – de que haveria na corporação uma “milícia”. Ao assumir a chefia do Palácio da Abolição, Camilo Santana, no entanto, contrariou os Ferreira Gomes. Percebendo que havia recebido de Cid uma “herança maldita” em relação à Pasta da Segurança Pública, com taxas recordes de assassinatos, fez o contrário, buscou uma reaproximação do governo com os policiais militares e uma de suas primeiras providências foi determinar uma “anistia” aos militares que estavam sendo processados pela CGD. O passo seguinte foi encaminhar à Assembleia Legislativa a Lei das Promoções. Contudo, o rancor da tropa em relação aos Ferreira Gomes, e, em especial, a Ciro Gomes, não desapareceu. Ainda assim, foram PMs que salvaram a vida do filho de Ciro, quando este foi baleado por marginais no Pré-Carnaval da Praia de Iracema, em janeiro último. Por último, a tropa também não “engoliu” ainda, a recente exoneração do tenente-coronel Cícero Henrique Bezerra Lopes da subchefia da Coordenadoria de Inteligência Policial (CIP), órgão subordinado diretamente ao Estado-Maior da PM. Tido com um dos mais preparados e atuantes oficiais de inteligência no combate ao crime organizado (responsável pela desarticulação de dezenas de quadrilhas), Henrique teria, na visão do governador Camilo Santana e seus aliados na Assembleia, cometido um “erro” ao prender o seqüestrador (e fugitivo da Justiça de Pernambuco) Fernando Soares Simplício, o “Fernando Borel”, que há mais de oito anos exercia a função de assessor no gabinete de um deputado estadual, recebendo, portanto, alto salário na folha de pagamento daquela Casa. Definitivamente, a Polícia Militar abomina os Ferreira Gomes e está de “olhos bem abertos” diante das últimas e futuras decisões de Camilo Santana na área da Segurança Pública.

QUIXELÔ: APREENSÃO DE ARMA DE FOGO (ESCOPETA FABRICAÇÃO ARTESANAL)

Comunico-vos que dia quinta-feira 19/05/201, por volta de 16h15m a CP 10041, composta pelos policiais ST PM MATIAS, 3º SGT PM Weudes e Sd PM Holanda, receberam uma informação anônima através do 190 informando que a arma utilizada pela pessoa do acusado ONOFRE BRAZ DA SILVA, no crime ocorrido no dia 29/12/2015, que teve como vítima a pessoa de ANTONIO MARTINS DA SILVA, Inquérito policial n° 5757-03.2016.8.06.0153, encontrava-se em uma residência abandonada no sitio Barroso II, Quixelô/CE. Em seguida o policiamento compareceu ao local informado e encontrou uma escopeta calibre 12, fabricação artesanal, enrolada em um saco plástico, onde foi apreendida e apresentada ao Delegado de Policia Civil de Iguatu Dr. Jeffersson, para serem adotados os procedimentos legais.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More