Longin no Blog Aqui

quinta-feira, 7 de abril de 2011

DH investiga computador de atirador de Realengo

A Divisão de Homicídios pediu apoio à Delegacia de Repressão a Crimes de Informática para tentar recuperar dados do computador de Wellington Menezes de Oliveira a fim de encontrar explicações para a tragédia de hoje. O atirador da Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo, destruiu o disco rígido da máquina antes de sair da casa, em Sepetiba, na Zona Oeste do Rio, para executar o massacre.

Os policiais também suspeitam que Wellington tentou matar mais alunos, a julgar pela quantidade de projéteis encontrados em outros pontos das duas salas de aula onde as crianças foram mortas, além dos que atingiram os estudantes. Até o momento, 12 faleceram. Todas as mortes aconteceram no primeiro andar.

O atirador chegou à escola com um cinturão para munição escondido em um saco. No colégio, ele o vestiu na primeira sala em que abriu fogo contra as crianças. A perícia deve retornar ao colégio amanhã.
Compartilhar:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

faça aqui seu comentarios sobres materia postadas.

Quixelô FM 104,9

Nosso Facebook

Seguidores

Meus Blogs

As Mais Lidas do Mês

De Onde nos Visitam