Longin no Blog Aqui

terça-feira, 28 de junho de 2011

Prefeito pode ser expulso do PT

Três petistas integram a comissão para afastar do partido o filiado de Senador Pompeu, acusado de corrupção


Membros da Comissão Executiva Estadual do Partido dos Trabalhadores (PT) aprovaram, em reunião realizada na noite de ontem, a criação de uma Comissão de Sindicância formada por três membros que vão apurar as denúncias sobre o caso da cidade de Senador Pompeu, onde o prefeito da cidade, Antônio Teixeira (PT), teve sua prisão preventiva decretada.

A Comissão, aprovada a partir do Código de Ética Partidário e composta por Antônio Ibiapino, Reudson de Souza e Isaac Júnior, tem até o próximo dia 6 de julho para apresentar um parecer sobre o caso. Para isso, visitará o Município com o objetivo de reunir e ouvir os membros do Diretório Municipal da agremiação e demais envolvidos na denúncia.

A reunião de ontem, prevista para começar às 18 horas, só teve início por volta das 19h40 e terminou quase às 22h30, tendo em vista o atraso da prefeita Luizianne Lins (PT), também presidente do diretório estadual do partido. Dentre os presentes, estavam o presidente da Câmara Municipal, vereador Acrísio Sena e o líder do governo na Assembleia Legislativa e vice-, deputado Antônio Carlos.

Antes do encontro da direção do partido, Antônio Carlos (PT) afirmou que o PT ainda não havia conversado sobre o caso, deixando claro que todas as informações obtidas pelos petistas, até agora, vieram da imprensa. Além do prefeito, o vice, Luís Flávio Mendes Carvalho e mais 17 dos seus auxiliares estão sendo acusados de crime de desvio de dinheiro público por fraudes em licitações.

Conforme o parlamentar, é necessário, nesse primeiro momento, o partido fazer uma avaliação mais detalhada do ocorrido e, a partir daí, tirar os encaminhamentos. Por ser um fato público, ele diz que o partido nunca deixaria de fazer uma avaliação, mas qualquer decisão, será tomada em consenso.

Esse não é o único caso de denúncia de corrupção envolvendo prefeitos petistas no Ceará. Em janeiro, a Câmara Municipal de Juazeiro do Norte cassou o mandato do prefeito do Município, Manoel Santana (PT), acusado de cometer irregularidades administrativas.
Compartilhar:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

faça aqui seu comentarios sobres materia postadas.

Quixelô FM 104,9

Nosso Facebook

Seguidores

Meus Blogs

As Mais Lidas do Mês

De Onde nos Visitam