Longin no Blog Aqui

segunda-feira, 4 de julho de 2011

Parada Gay de Iguatu movimenta mais de 18 mil pessoas


Muitas pessoas acompanharam a movimentação da 3ª edição do evento

Vários trios elétricos, dragqueens, músicas que foram do forró a música eletrônica e na parte de baixo, milhares de pessoas que estavam ali para transmitir, por meio da diversão, uma mensagem séria de defesa à diversidade. Com o tema “Diga não ao preconceito”. foi executado na 3ª Parada do Orgulho LGBT de Igautu, que ocorreu na noite deste domingo (03). Segundo informações dos coordenadores do evento, mais de 18 mil pessoas participaram do evento.

Para prestigiar a Parada Gay na Terra da Telha, seguiram para a cidade simpatizantes de vários municípios da região, como Carlos Lima, de 29 anos, natural de Russas. O mesmo utilizou um vestido com as cores do arco -íris e terminou se assustando com o sucesso que suas vestes causaram. “Essa é a primeira vez que venho aqui e não esperava tanta repercussão. Um monte de gente está tirando fotos e perguntando sobre a roupa”, comentou, não deixando de dançar em nenhum momento da entrevista. “meus familiares não sabem que estou aqui”, declarou.

De cima do trio, o presidente da Ass.de Homossexuais de Iguatu, Vicente Butterfly, afirmou para a reportagem do site Iguatu.net que ”é um evento que cresce a cada ano devido a conscientização de grupos não apenas de homossexuais da cidade mas de toda a região, com isto, eles estão percebendo que a Parada Gay de Iguatu é um movimento importante para enviar a nossa mensagem de que estamos querendo respeito e o fim do preconceito em Iguatu e região “, completou.

O presidente da Ass. de Homossexuais de Iguatu, Vicente Butterfly

A Lendra Kelly, de 27 anos, que também foi à Parada em Iguatu pela primeira vez, contou que está há dois dias, na cidade e faz algumas comparações ao mesmo evento que ocorre na sua cidade, Sobral. “Achei a iniciativa ótima, mas vejo que dá para crescer mais, melhorar”, comentou. Lendra ressaltou a importância de não só participar da curtição atrás do trio elétrico, mas buscar ampliar os espaços de diálogo a respeito do assunto. “ disse”.

Reforçando o depoimento de Lendra Kelly, o secretário de Saúde,Joab Soares, lembrou que o evento também é uma representação da luta pela inclusão. “Devemos lutar, por meio de todas as discussões e seminários que sempre estamos fazendo . Contra todas essas situações de constrangimento nas quais algumas pessoas estão sendo submetidas. ”, acrescentou.

A animação do evento ficou por conta do Trio Zoeira que se juntou a multidão, juntamente com as atrações Regininha, Lena Oxa e Dj samuca. ” Eu amo vir a Iguatu, sempre sou bem recebida e este ano foi o maior evento deste movimento que acontece, estão todos de parabéns” disse Lena.

Compartilhar:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

faça aqui seu comentarios sobres materia postadas.

Quixelô FM 104,9

Nosso Facebook

Seguidores

Meus Blogs

As Mais Lidas do Mês

De Onde nos Visitam