Longin no Blog Aqui

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Suicídio de vereador em Chapecó (SC) foi ´armado´, diz polícia

O vereador de Chapecó (583 km de Florianópolis) Marcelino Chiarello (PT) foi encontrado morto em sua casa na segunda-feira (28). Apesar de a morte ter características de suicídio, a Polícia Civil suspeita que a cena tenha sido forjada e passou a investigar o caso como homicídio.

Chiarello, 42, era vereador desde 2005. Segundo o diretório do PT em Santa Catarina, ele vinha recebendo ameaças havia duas semanas e chegou a considerar pedir proteção policial, mas não levou o pedido adiante. O partido chamou a morte de assassinato.

Segundo a Polícia Civil, o vereador foi encontrado morto, em casa, por sua mulher.

O delegado Ronaldo Monretto, um dos responsáveis pelo caso, afirmou que a cena foi uma tentativa ´amadora´ de disfarçar um homicídio. ´O corpo tinha sangue nas costas, um hematoma no rosto e não estava totalmente suspenso para caracterizar um enforcamento´, disse.

Segundo o delegado, o Instituto Médico Legal ainda não completou o laudo para apontar as causas da morte. Ainda não há suspeitos.

O PT disse que as ameaças recebidas pelo vereador estavam relacionadas com denúncias de casos de corrupção feitas por Chiarello contra a administração municipal de Chapecó.

O corpo de Chiarello foi enterrado na tarde de terça-feira (29). Entre os presentes da cerimônia estavam a ministra Ideli Salvatti (Relações Institucionais) e o ex-ministro e presidente estadual do PT José Fritsch.
Compartilhar:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

faça aqui seu comentarios sobres materia postadas.

Quixelô FM 104,9

Nosso Facebook

Seguidores

Meus Blogs

As Mais Lidas do Mês

De Onde nos Visitam