Longin no Blog Aqui

segunda-feira, 5 de março de 2012

60 policiais fazem buscas por assaltantes de banco de Catarina-CE, diz PM


Sessenta policiais realizam buscas pelos integrantes da quadrilha que matou um soldado durante assalto a uma agência bancária do município de Catarina, Sul do Ceará, na manhã de segunda-feira (27). Segundo o comandante da Polícia Militar (PM) em Juazeiro do Norte, coronel Hervano Macêdo, a operação envolve a Polícia Militar, Civil e Federal e ocorre na rodovia que liga os municípios de Catarina e Acopiara. “Já apreendemos 15 armas, oito de grosso calibre como metralhadoras, fuzis e escopetas e 7 armas de porte, como pistolas revólveres”, afirma o coronel.

Ainda de acordo com o comandante, oito dos 14 indivíduos suspeitos de integrar a quadrilha foram presos. “Quatro integrantes da quadrilha morreram em confronto com a Polícia Militar e Polícia Civil e dois estão sendo perseguidos, mas acreditamos que os foragidos estão apenas com armas de porte”, explica. Macêdo frisa ainda que a operação só será finalizada com a captura dos dois foragidos, entre eles o responsável pela morte do soldado da PM.

Os suspeitos, segundo informações da Delegacia Regional da cidade de Iguatu, a 384 km de Fortaleza, estão escondidos em um matagal na cidade de Acopiara desde sábado (3), quando quatro suspeitos foram mortos em uma troca de tiros com a Polícia Militar.

Os dois suspeitos conseguiram fugir durante a troca de tiros. Um deles foi baleado na manhã de domingo (4), em novo confronto com a polícia mas conseguiram voltar a se esconder. De acordo com informações da delegacia, a polícia está fechando o cerco contra os suspeitos em Acopiara.

Entenda o caso
O assalto a uma das agências bancárias de Catarina aconteceu na manhã do dia 27 de fevereiro. Na ocasião, o grupo de aproximadamente dez homens estava armado com revólveres, rifles e equipados com coletes à prova de balas. Antes de roubarem o banco, os homens dispararam vários tiros contra o destacamento militar e destruíram o carro policial. O policial militar Antônio Alves Neto, de 35 anos, morreu com um tiro de escopeta e um outro ficou ferido.

O banco não divulgou o valor roubado, mas acredita-se que o prejuízo chegue a R$ 500 mil. De acordo com a PM, ao empreenderem fuga em dois carros modelos Fox de cor prata e Corola de cor preta, os assaltantes levaram três pessoas reféns, entre elas um policial militar e o gerente do banco. Os três foram liberados na localidade de São Bento, a seis quilômetros do município. Um dos suspeitos foi detido ainda na segunda-feira.

Fonte: G1 CE
Compartilhar:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

faça aqui seu comentarios sobres materia postadas.

Quixelô FM 104,9

Nosso Facebook

Seguidores

Meus Blogs

As Mais Lidas do Mês

De Onde nos Visitam