Longin no Blog Aqui

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Abastecimento de água irregular

Iguatu. Cerca de 60 mil moradores desta cidade, localizada na região Centro-Sul, distante 380Km de Fortaleza, enfrentam, nos últimos oito dias, transtornos em decorrência de irregularidade no abastecimento de água. A escassez atinge todos os bairros e algumas vilas rurais e deve-se a uma série de fatores: três grandes vazamentos em adutoras, falta de energia elétrica no sistema de captação de água no Açude Trussu e, também, na Estação de Tratamento de Água (ETA). Esses problemas ocorreram uma semana depois da execução do serviço de limpeza e ampliação do sistema de bombeamento na ETA do Cocobó para ampliar a oferta de água para os consumidores a partir da adutora do Açude Trussu. Por dois dias seguidos, houve interrupção no abastecimento. "Em seguida, ocorreram vazamentos em adutoras que provocaram atraso e irregularidade do sistema", disse o superintendente do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), Edval Lavor. No último dia 26, ocorreram dois grandes vazamentos na adutora da Avenida Cruzeiro do Sul e na tubulação sobre a ponte rodoviária Demócrito Rocha, que transfere água de poços localizados no leito do Rio Jaguaribe para o sistema de tratamento e distribuição de água. "Até o apagão, que aconteceu na semana passada, contribuiu para a irregularidade no abastecimento", observou Edval Lavor. Restauração Foram necessários dois dias de intensos serviços para que uma equipe de operários, que se revezaram no período diurno e noturno, concluísse o trabalho de restauração da adutora sobre a Ponte Demócrito Rocha. "A partir de hoje, esperamos que o abastecimento seja normalizado em todas as áreas da cidade", disse Edval Lavor. "Estamos fazendo remanejamento na distribuição de água para atender todos os bairros", afirmou. Transtornos O centro da cidade e o entorno da Praça da Matriz foram afetados e a água faltou nas torneiras por mais de três dias. "Estamos pegando água em uma cisterna que há no meio da praça", disse o gerente de uma empresa de informática, José Rodrigues. "A caixa secou e a água não chegou desde o fim de semana passado". Os moradores reclamam da escassez de água e irregularidade na distribuição. "À noite, a água chega um pouco, mas durante o dia não pinga uma gota nas torneiras", disse a dona de casa, Maria de Lourdes Lima. "Espero que o abastecimento seja normalizado o quanto antes". Donos de lanchonetes e restaurantes enfrentaram transtornos para atender a clientela. Construtores tiveram que adquirir água de carro-pipa para encher reservatórios e assegurar a continuidade de obras particulares. Economia A falta de água atingiu bairros da periferia da cidade. No João Paulo II, os moradores passaram três dias sem água. O problema repetiu-se em outras áreas: Areias, Cohab e Flores. "Muitas caixas de água secaram por essa rua", disse a comerciária, Ana Paula Ferreira. "Está um sufoco". O jeito é economizar o uso de água para o banho e limpeza da casa. "O meu jardim está seco porque falta água há quatro dias", disse a dona de casa, Maria Ribeiro. O lavador de carros que atende em domicílio, José Pereira, contou que ficou parado nos últimos três dias. "Faltou água nas torneiras e não consegui lavar nenhum carro", reclamou. "O ganho caiu nesta semana". Outro também que está enfrentando dificuldades é o pastor evangélico, Luís Gomes. Ele disse que se mudou com a família de um apartamento no centro da cidade porque não havia água. "O jeito foi procurar outra casa para alugar por causa da irregularidade no abastecimento", contou. "Não dá para viver sem água". O superintendente do SAAE, Edval Lavor, disse que o serviço, realizado há 15 dias para ampliação da oferta de água na ETA, a partir da instalação de mais bombas potentes, vai assegurar maior quantidade de água na rede de distribuição. "Reduzimos a vazão para evitarmos novos vazamentos porque a pressão aumentou". A adutora do Trussu é o principal sistema de abastecimento de água da área urbana de Iguatu.
Compartilhar:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

faça aqui seu comentarios sobres materia postadas.

Quixelô FM 104,9

Nosso Facebook

Seguidores

Meus Blogs

As Mais Lidas do Mês

De Onde nos Visitam