Longin no Blog Aqui

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Ele morreu nos meus braços', diz mulher de Marcos Paulo em velório

Estava tudo certo, mas ele teve uma embolia pulmonar e morreu rápido, nos meus braços”, afirmou, emocionada, a atriz Antônia Fontenelle, mulher do ator e diretor Marcos Paulo, durante o velório dele, na capela 1 do Memorial do Carmo, na Zona Portuária do Rio, na manhã desta segunda-feira (12). "Ele foi um anjo na minha vida. Com ele pude conhecer quem é a Antonia e até onde Marcos Paulo morreu na noite deste domingo (11), aos 61 anos, de embolia pulmonar. Ele estava em casa, no Rio. O velório foi aberto ao público por volta das 12h. De acordo com a assessoria de comunicação da TV Globo, a partir das 16h haverá uma cerimônia religiosa. A cerimônia de cremação, restrita à família, será às 17h. "Perdi um companheiro, o meu melhor amigo. Quando a gente estava na briga para viver, nos momentos em que eu achava difíceis, eu gritava e as pessoas vinham e davam apoio. Agora duas semanas depois de o Maluf (Fernando Maluf, médico do ator) anunciar que ele não tinha mais nenhuma célula cancerígena no corpo, ele morreu. Deus quis que fosse assim, vai fazer o que né? Eu sempre questiono por que as pessoas do bem se vão. Eu perdi um monte de coisas que estavam no caminho para a gente fazer. Mas a hora da gente não é a hora de Deus", disse Antônia. ela pode ir", completou a atriz. "Ele estava feliz, mas apareceu com febre de uma semana. Essa febre tinha características de malária", acredita Antônia. Por volta das 8h30, a atriz Flávia Alessandra chegou acompanhada do marido, Otaviano Costa, e de Giulia, uma das três filhas de Marcos Paulo. Em seguida, a atriz Renata Sorrah chegou ao local com Mariana, também filha do diretor. Marcos Paulo tinha três filhas: Vanessa, com a modelo Tina Serina, Mariana e Giulia. Atualmente o diretor era casado com a atriz Antonia Fontenelle. Ela chegou ao velório por volta das 9h10. Amigos e companheiros de trabalho de Marcos Paulo foram ao velório do ator e diretor, entre eles a atriz Malu Mader, os atores Osmar Prado, Otávio Augusto e o casal formado pelo ator e diretor Dennis Carvalho e a atriz Deborah Evelyn. Em uma carreira de mais de quatro décadas, iniciada ainda na adolescência, Marcos Paulo destacou-se primeiro como galã de novelas. No final dos anos 1970, ele passou a se dedicar também à direção, tendo assinado trabalhos marcantes como "Dancin' days" e "Roque Santeiro". Recentemente, estreou como cineasta, em "Assalto ao Banco Central". Em agosto do ano passado, o ator e diretor passou por cirurgia para remover um tumor no esôfago. Ele havia sido diagnosticado com câncer em maio de 2011. Segundo comunicado da Central Globo de Comunicação divulgado na época, Marcos Paulo havia descoberto o tumor precocemente em exames de rotina e tinha dado início ao tratamento em seguida. Na última sexta-feira (9), Marcos Paulo compareceu ao 9º Amazonas Film Festival, em Manaus (veja fotos). Ele retornou ao Rio na manhã deste domingo. De acordo com o portal Memória Globo, Marcos Paulo Simões nasceu em São Paulo, em 1º de março de 1951, e foi criado no bairro do Bixiga. Ele era filho adotivo do ator, autor e diretor Vicente Sesso, o que lhe garantiu contato precoce com a TV. Na TV Globo, atuou em dezenas de novelas, como a primeira versão de “Gabriela” (1975) e “Tieta” (1989). Na década de 1980, em "Sinhá moça" (1986), de Benedito Ruy Barbosa, e na minissérie "O primo Basílio", baseada no romance do escritor português Eça de Queiroz (1845-1900), na qual defendeu o papel-título. Depois, vieram participações relevantes em "Meu bem, meu mal" (1990) – cuja direção assumiu com a novela já em andamento, em substituição a Paulo Ubiratan –, "Despedida de solteiro" (1992) e "Quatro por quatro" (1995). Mais recentemente, ele pôde ser visto em “Páginas da vida” (2006).
Compartilhar:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

faça aqui seu comentarios sobres materia postadas.

Quixelô FM 104,9

Nosso Facebook

Seguidores

Meus Blogs

As Mais Lidas do Mês

De Onde nos Visitam