Longin no Blog Aqui

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Túmulo é violado no cemitério e crânio desaparece

Dois túmulos do cemitério Nossa Senhora da Piedade, no município do Crato foram violados na madrugada de hoje, 24. O crime foi descoberto no início da manhã, quando funcionários faziam a limpeza do campo-santo. O mausoléu da família Mendonça foi quebrado e de lá, o (s) criminoso (s) levaram o crânio e o fêmur de Valdir Bastos Leal, sepultado no dia 22 de Julho de 2007. Durante a tentativa de um segundo furto, o (s) delinquente (s) violou (aram), também, o jazigo da família Oliveira Cavalcante, porém não levaram nenhum resto mortal. O coveiro ligou para a administradora do cemitério, Tereza Portela, que acionou a polícia militar. Durante inspeção, o Sargento Paulo interrogou algumas testemunhas e solicitou a presença do perito forense, Antônio Pequeno para a tentativa de levantar algumas pistas que possam levar ao (s) autor (es) do crime. Existem dez cemitérios no município do Crato, sendo um na sede e os demais nas áreas rurais e em distritos, todos eles administrados por Tereza, que durante entrevista concedida ao Site Miséria, informou que há cerca de quatro anos uma ocorrência da mesma natureza foiregistrado por ela, entretanto, na ocasião não houve a consumação do furto. Ainda de acordo com Tereza, a falta de segurança da necrópole já era uma preocupação antiga. “Já havia enviado um ofício ao gestor público do Crato, Ronaldo Matos, solicitando a presença de cinco guardas municipais em cada turno, totalizando 15 vigias. Já tivemos muitas depredações aos túmulos, atos de vandalismo, mas este foi um caso gravíssimo, inclusive, já registrei um boletim de ocorrência”, explicou. Miséria
Compartilhar:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

faça aqui seu comentarios sobres materia postadas.

Quixelô FM 104,9

Nosso Facebook

Seguidores

Meus Blogs

As Mais Lidas do Mês

De Onde nos Visitam