Longin no Blog Aqui

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Agricultores de Limoeiro do Norte reivindicam solução para falta d'água

Um grupo de 48 agricultores interditou a Rua Coronel Antônio Joaquim, em Limoeiro do Norte, em frente ao escritório regional da Companhia de Gestão dos recursos Hídricos (Cogerh). Eles usaram máquinas e até gado para protestar contra a falta d’água. Os produtores reivindicam uma transposição do Rio Jaguaribe para perenizar um trecho do Banabuiú. A reivindicação, como informou o agricultor Cidiclei Guedes, vem sendo feita há cerca de um ano quando, segundo ele, o Governo do Estado destinou parte da água do açude Banabuiú para a regional metropolitana de Fortaleza. Cidiclei Guedes explica ainda que a medida era vista como prejudicial pelos pequenos agricultores de Limoeiro do Norte, já que poderia diminuir a vazão que mantém as comunidades abastecidas. “O açude Banabuiú é quem abastece as comunidades por meio desse trecho de rio e mantém a agricultura de subsistência. Ele é um açude menor, que tem sua recarga complicada e que não tem condições de atender essa demanda da região metropolitana. Ao longo do tempo, quem esta na beira desse rio, vem reclamando da diminuição dele. Chegamos num ponto onde não temos de onde tirar água”, reclama. Os agricultores que residem e trabalham neste trecho do rio, que passa por dentro do município, protocolaram um pedido junto a Cogerh para que fosse transposto do rio Jaguaribe, no trecho conhecido como Jaguaribe Seco, meio metro cúbico de água, que deverá desembocar no córrego Carrapicho e assim chegar até o rio Banabuiú. “Até agora como nada foi feito, decidimos nos manifestar e ocupar em frente a Cogerh, esperando que o Governo faça alguma coisa pelos agricultores”, concluiu.
Compartilhar:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

faça aqui seu comentarios sobres materia postadas.

Quixelô FM 104,9

Nosso Facebook

Seguidores

Meus Blogs

As Mais Lidas do Mês

De Onde nos Visitam