Longin no Blog Aqui

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

CENTRO-SUL Moradores festejam pavimentação de CE


Passeio de bicicleta entre Quixelô e Solonópole, em comemoração a asfalto da rodovia CE-154 realizado no dia 22/12/2010
Depois de várias décadas, os moradores do Centro-Sul podem ver o sonho de melhoria da CE-154 se tornar real
Quixelô. Foram 55 anos de espera, mas, moradores do Distrito de São José, em Solonópole, puderam, finalmente, comemorar a pavimentação em asfalto da rodovia CE-154, que liga a localidade à cidade de Quixelô. Um passeio ciclístico com um percurso de 38km foi a forma escolhida pelos participantes para celebrar a realização do sonho coletivo.
Nas três últimas décadas, moradores do Distrito de São José enfrentaram transtornos para ter acesso tanto à cidade de Quixelô, quanto à sede de Solonópole. A estrada de terra ficava intransitável no período de chuva. Os doentes, crianças e idosos eram os que mais sofriam, sem ter acesso à assistência médica. No tempo de seca, era a poeira que incomodava. Eara problema o ano inteiro.
A conclusão do asfalto trouxe alegria para os moradores e vai aproximar mais a cidade de Solonópole à Iguatu, que é polo comercial e de prestação de serviço na região Centro-Sul. "Essa obra significa muito para nós e é a realização de um sonho de mais de 50 anos", disse o coordenador do Sesc de Iguatu, Raimundo Neto de Carvalho. "Uma mulher morreu de parto na localidade de Nova Olinda, em 1982, por falta de transporte, que não podia passar porque o riacho estava cheio".
Dificuldades
Cada morador tem uma história particular sobre as dificuldades enfrentadas para ter acesso à cidade de Quixelô e em seguida a Iguatu. "Quando chovia forte e o inverno era pesado ninguém passava nos riachos porque não tinha ponte e nem estrada", contou a professora, Ione Carvalho.
O motorista do Sebrae, Olavo Rodrigues, emocionado, segurava uma bandeira vermelha para sinalizar e advertir os motoristas sobre o passeio ciclístico que reuniu centenas de moradores. "Você não imagina a alegria que nós estamos vivenciando com a conclusão dessa obra", frisou. Para o padre Ricardo Ferreira, pároco da Matriz de Solonópole, o percurso para Iguatu ficou reduzido em mais de 100km. "Antes, quando chovia a estrada ficava intransitável e era preciso ir por Senador Pompeu, dando uma volta muito longa", disse. "Agora ficou muito bom".
Os primeiros estudos sobre a construção do asfalto começaram em 1955. Na década de 1990, foram realizadas obras de infraestrutura e de terraplanagem. Agora, meio século depois, os operários da empresa Samaria, responsável pela obra, trabalham na conclusão da rodovia, serviços de construção de canais de drenagem, meio fio e acostamento e, posteriormente, sinalização.
O trabalho deverá ser encerrado em janeiro próximo, no trecho de 63 km entre Solonópole e Quixelô.
Compartilhar:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

faça aqui seu comentarios sobres materia postadas.

Quixelô FM 104,9

Nosso Facebook

Seguidores

Meus Blogs

As Mais Lidas do Mês

De Onde nos Visitam