Longin no Blog Aqui

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Diário do Nordeste destaca o Açude Trussu de Iguatu


Na região Centro-Sul, dois açudes são atrativos turísticos: o Trussu, nesta cidade, e o Orós, na localidade de mesmo nome. Nesse período, os reservatórios públicos atraem visitantes e moradores da região, que desfrutam de banho, passeio de barco, lancha e de um cardápio de pratos típicos, peixe das espécies tucunaré e tilápia, acompanhado de baião-de-dois.

Há duas semanas que aumentou o número de visitantes em restaurantes no entorno dos dois açudes. Nos fins de semana, a movimentação é maior e os empresários esperam boas vendas até o fim deste mês, que coincide, também, com o período de férias.

O Açude Trussu está localizado no Distrito de Suassurana, distante 20 quilômetros do Centro de Iguatu. Depois de dois anos de registro de queda no número de visitantes em decorrência da fiscalização da Lei Seca, a expectativa é de crescimento do número de visitantes ao balneário. “A movimentação está boa e deve crescer mais ainda, é o que esperamos”, prevê o empresário Luis Matos, do restaurante Ilha da Amizade.

Sem muitas opções, os reservatórios públicos tornam-se as principais opções de lazer na região. O Trussu é um dos pontos mais visitados. Quem vem de outros Estados nesta época do ano para visitar parentes e amigos aproveita para desfrutar do banho, passeio de barco e da culinária regional.

Ilha da Amizade

O dentista Mauro Melo veio com a família, de Goiás, para rever os parentes. “Ainda não conhecia o Açude Trussu, mas achei muito bonito”, disse. No entorno do reservatório, há bares e restaurantes, mas a Ilha da Amizade e o Complexo Turístico são os dois principais destinos dos turistas e moradores da região do Centro-Sul.

Além do banho e do passeio de barco, a preferência é para saborear o pescado frito, prato típico da região. O tucunaré e a tilápia formam o cardápio preferido, acompanhados de farofa e baião-de-dois.

A Ilha da Amizade fica próxima à parede do reservatório. Há um barco que transporta, sem custo, os clientes. O trajeto dura apenas dez minutos. Os visitantes gozam do passeio e das delícias dos pratos típicos. O local é agradável e acolhedor para um dia de lazer. Oferece pratos de qualidade e, ainda, com preços populares, que atraem os visitantes e moradores locais. O complexo turístico, construído com recursos públicos da Embratur, oferece um amplo espaço e infraestrutura de lazer, banho e alimentação.

Em turma

“É muito bonito o local e a comida é boa”, disse o estudante Ricardo Figueiredo, que veio da cidade de Ouricuri, Pernambuco. Os jovens são presenças marcantes nas áreas de lazer do Trussu. Em turma, eles se divertem, tomam banho e curtem o sol nas prainhas à margem do Trussu. Água, sol e férias são sinônimos de lazer.

O Açude Orós é o segundo maior reservatório do Ceará e é outra opção de lazer para quem visita o sertão, na região Centro-Sul. Oferece passeio de barco e restaurantes com comidas típicas. A Ilha do Amor é uma boa opção e fica próxima à parede do reservatório. O visitante chega até lá de barco e pode desfrutar de restaurante e hospedagem, além de um belo visual.

Trilhas Ecológicas

Outra opção de lazer para este período de férias, ainda pouco explorada, é a realização de trilhas ecológicas. Em Iguatu, a Serra de Cruz de Pedras, localizada no Distrito de Alencar, é uma alternativa. Distante 20km do Centro da cidade, o lugar oferece estrada vicinal para caminhadas e acesso ao topo, onde há rampa de prática de asa-delta e permite ao visitante um visual lindo do sertão.

Em Icó, também há opção de trilhas ecológicas nas regiões de Coelho, em Icozinho, onde há fontes naturais e resquícios de Mata Atlântica; e na Serra do Camará, onde há a Pedra do Periquito e o Mirante. São áreas pouco exploradas, mas que a Secretaria de Cultura do Município e o Centro de Vocação Tecnológico (CVT) estão realizando levantamento dessas áreas para melhor organizar o espaço, orientar os visitantes e proteger a natureza. “As trilhas têm por objetivo a proteção do meio ambiente e o conhecimento da nossa história e geografia”, comentou a secretária de Cultura, Jequélia Alcântara.

Na cidade de Icó, visitantes e estudantes podem aproveitar esses dias de folga para conhecer ou revisitar o sítio histórico tombado pelo Instituto do Patrimônio e Artístico Nacional (Iphan), que fica no Centro da cidade. Há dezenas de casarões e igrejas construídos há mais de 300 anos, em estilo Neoclássico. A Igreja Matriz de Nossa Senhora da Expectação, o Teatro da Ribeira dos Icós, o mais antigo do Ceará, e a antiga Casa de Câmara e Cadeia são boas opções para a prática de um roteiro turístico, no entorno do Largo do Théberge. Nesse espaço, há, ainda, o santuário do Senhor do Bonfim, cuja imagem, oriunda de Portugal, chegou à cidade há 261 anos.
fonte diario do nordeste
Compartilhar:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

faça aqui seu comentarios sobres materia postadas.

Quixelô FM 104,9

Nosso Facebook

Seguidores

Meus Blogs

As Mais Lidas do Mês

De Onde nos Visitam