Longin no Blog Aqui

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Jovem estupra menino de 8 anos



Criança foi encontrada no matagal após ter sido levada pelo acusado. O irmão havia sido também raptado, mas fugiu
Um caso de violência contra a infância foi registrado entre a noite de terça-feira passada e a madrugada de ontem no Município de Itatira (a 216Km de Fortaleza). Dois garotos, de oito e dez anos de idade, irmãos, foram raptados e um deles acabou sendo vítima de abuso sexual.

O caso ocorreu na zona rural do Distrito de Lagoa do mato. Segundo apurou a Polícia, os dois irmãos (identidades preservadas) foram surpreendidos por um homem, identificado como Pedro Agostino Cazuza de Moraes, 18, nas proximidades de casa e levados para o matagal próximo.

Armado

Ainda de acordo com as informações das autoridades policiais, o acusado do crime estava armado com uma faca e a usou para ameaçar as crianças. Os garotos foram levados até a localidade de Açude Novo, por volta de 21h40. No entanto, o menino de dez anos conseguiu escapar do acusado.

O garoto voltou para casa, em desespero, e contou o que havia acontecido. Naquele momento seu irmão ainda estava em poder do acusado.

Imediatamente, as polícias Civil e Militar e a foram acionadas pela família das crianças e deram início ao trabalho de busca. Policiais do destacamento da PM da cidade de Itatira receberam o reforço de patrulhas da Força Tática de Apoio (FTA) do 4º BPM (Canindé).

Moradores da localidade auxiliaram os familiares e os PMs nas buscas ao raptor e sua vítima. Eles usavam lanternas para facilitar o trabalho no matagal. Mas, quando o menino via as luzes e tentava pedir socorro, o criminoso tapava sua boca, impedindo que ele gritasse. Contudo, por volta de 1 hora de ontem, os policiais localizaram o acusado, que foi detido e, por medida de segurança, levado imediatamente para a cidade de Canindé e entregue na Delegacia Regional.

Dúvidas

No meio da tarde de ontem, surgiram dúvidas quanto à idade do acusado. No entanto, com base em depoimentos de familiares, a Polícia dirimiu as dúvidas, comprovando que Pedro Agostino Cazuza é realmente maior de idade.

Exames médicos realizados no garoto comprovaram que ele realmente sofreu violência sexual. Por conta disso, o acusado do delito foi autuado, em flagrante delito, por crime de estupro a vulnerável.

FERNANDO RIBEIRO
EDITOR DE POLÍCIA
Compartilhar:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

faça aqui seu comentarios sobres materia postadas.

Quixelô FM 104,9

Nosso Facebook

Seguidores

Meus Blogs

As Mais Lidas do Mês

De Onde nos Visitam