Longin no Blog Aqui

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Onze mortos e 45 feridos nas estradas do Ceará


O fim de semana prolongado foi violento nas estradas para motoristas e pedestres. Das 11 mortes registradas, quatro foram por atropelamento. Ao todo, foram 79 acidentes, deixando outros 45 feridos nas estradas estaduais e federais do Ceará.

O balanço é parcial. Polícias rodoviárias Federal e Estadual devem apresentar hoje o balanço final dos acidentes nas estradas.
Nas rodovias federais, foram 36 acidentes, com quatro mortes e 18 feridos. As mortes foram decorrentes de atropelamento, nas Brs 116 e 222, em quilômetros iniciais de zona urbana.

Ontem, o atropelamento ocorreu na BR-116, no quilômetro dois, perto da comunidade do Tancredo Neves. No sábado, foram dois atropelamentos na BR-222, próximos à passarela da comunidade do Tabapuá.

De acordo com o inspetor da PRF, Ricardo Torres, os pedestres estão cada vez mais participando da culpabilidade dos acidentes. “A proximidade do acidente com a passarela mostra o quanto as campanhas de trânsito não atingem os pedestres”, destaca. A alta velocidade dos veículos que trafegam nas rodovias, o fluxo intenso de pedestres nessas zonas e a sinalização precária também contribuem para o aumento de atropelamentos.

Nas CEs
Nas rodovias estaduais, o número de mortes chamou a atenção. Foram sete, entre a noite de quarta e a manhã de domingo. O balanço parcial da PRE apontou 43 acidentes e 27 feridos.

No domingo de manhã, foram duas mortes envolvendo motociclistas. Na CE-362, quilômetro 94, duas motos colidiram frontalmente, próximo ao Parque de Eventos de Sobral. O condutor Fábio do Nascimento Rosa, 24, morreu na hora. O outro motociclista, Francisco Marcos Balbino Rodrigues, 20, foi levado ao hospital em estado grave. Ambos não possuíam carteira de habilitação.

O outro acidente ocorreu na mesma rodovia, poucos minutos depois, há apenas oito quilômetros de diferença com o primeiro. O motociclista José Vanderlei Alves, 42, morreu após sobrar na curva, em Massapê.

O quê

ENTENDA A NOTÍCIA
O fim de semana prolongado, com o feriado de Corpus Christi, pode ser considerado violento nas estradas. A grande quantidade de veículos trafegando pelo Interior dificulta a fiscalização. Balanço parcial aponta 79 acidentes.

SAIBA MAIS

No ano passado
A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) registrou no ano passado 44 acidentes, sendo sete mortes e 25 feridos.

O feriado deste ano pode ser considerado mais violento, já que no boletim parcial da PRE, o número de feridos ultrapassa o registrado no balanço final de 2010.

Lei Seca
O balanço parcial da PRE apontou também 33 registros referentes à Lei Seca. Foram quatro flagrantes e 29 motoristas que se negaram a fazer o teste do bafômetro e tiveram suas carteiras de habilitação apreendidas.

No ano passado, foram apenas 11 registros relacionados à Lei Seca no balanço final da PRE. Sendo cinco flagrantes e seis recusas ao teste do bafômetro.

Viviane Gonçalves para O POVO
Compartilhar:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

faça aqui seu comentarios sobres materia postadas.

Quixelô FM 104,9

Nosso Facebook

Seguidores

Meus Blogs

As Mais Lidas do Mês

De Onde nos Visitam