Longin no Blog Aqui

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Zé da Marieta é eleito o novo prefeito de Umirim


Sob clima de tensão, eleitores vão às urnas em Umirim, onde houve prisões e denúncias de compra de votos

Umirim. Com 5.793 votos, ou 56% dos sufrágios, Zé da Marieta (PR) foi eleito ontem o novo prefeito deste Município. Seu concorrente, Felipe Uchoa (PSB), obteve os 44% dos votos restantes (4.535). A Justiça Eleitoral registrou índice alto de abstenções (3.470), além de 254 votos nulos e 136 em brancos. A tensão marcou o pleito no Município.

Prisões, arrombamento de locais de votação e denúncias de compra de votos. A troca de acusações por campanhas desleais foram desferidas reciprocamente pelos dois candidatos. Para garantir a segurança do pleito, foram mobilizados um contingente de 30 policiais militares, além da Civil e Polícia Federal. Bem antes do início das eleições, a juíza eleitoral da 107ª Zona Eleitoral, em São Luis do Curu, Ana Cláudia Gomes de Melo, determinou voz de prisão para o presidente da Câmara de Vereadores de Umirim, José Jocélio Cunha Pinto e mais o motorista Franklin Carlos, em vista de denúncias de que estariam obstruindo a BR-222, que dá acesso aquele Município e, com isso, atrapalhando os trabalhos da Justiça Eleitoral.

Ambos foram presos por policiais federais. O inquérito foi conduzido pela delegada responsável pela força tarefa Marta Reis. Eles obstruíram a rodovia, conforme apurou a Polícia com fotografias.

Escola arrombada

Antes, porém, a juíza Ana Cláudia também apurou que uma escola onde ocorreria votação, havia sido arrombada. O caso estava ainda ontem sob investigação da Polícia Civil.

Na manhã de ontem, os candidatos votaram cedo. Zé da Marieta esteve presente por volta das 8h30 no Liceu Maria Iracema Uchoa Sales, onde votou na 60ª seção. Acompanhado de correligionários, disse que sua campanha foi baseada em proposta e lembrou seu engajamento para a recuperação da BR-222, via fundamental para o acesso não apenas da Zona Norte do Estado, como para o Município.

Felipe Uchoa votou às 8h20, na 44ª seção, que funcionou na Creche Dona Maria Carneiro. Ele também chegou com militantes e foi incisivo ao denunciar a campanha que considerou violenta por parte de seu adversário. Após a votação, ele acompanhou as negociações para a libertação do presidente da Câmara, José Jocélio, que é seu aliado político.

Pela cidade, havia opiniões divergentes sobre o vencedor do pleito. O comerciante Paulo de Tarso Braga, acreditava que na vitória de Zé da Marieta, uma vez que vinha assumindo a prefeitura interinamente há um ano e dois meses. Ele assumiu o cargo após a ratificação pela Justiça Eleitoral da cassação do prefeito José Afrânio Pinho Pinheiro, do vice Clodoveu Oliveira Sales. Isso foi em consequência de irregularidades apuradas nas eleições municipais de 2008, quando o candidato adversário para a prefeitura era José Galdino Albuquerque. "Acredito que fará um trabalho em benefício do Município, melhorando a auto estima para os cidadãos".

CARIRI
Antônio Roriz sai vitorioso em Jardim

Com policiamento reforçado em cada uma das seções, eleitores comparecem às urnas e dão vitória ao PMDB

Jardim. Antônio Roriz das Neves (PMDB), o Rorizinho, foi eleito ontem o novo prefeito deste Município, com 7.853 votos (53,82%), contra a sua concorrente Cremilda Bringel (PSDB), que ficou com os 7.601 sufrágios (49,18%), do geral de válidos (95,68%). No pleito, foi contabilizado o total de 16.151 votos, incluindo 589 nulos, 108 brancos. Também em Jardim, as abstenções foram altas (5.116 eleitores).

Rorizinho é sobrinho do prefeito cassado, Fernando Luz. Já vitorioso, o novo prefeito disse ser um momento diferente na política da cidade. Afirmou que uma das primeiras medidas adotadas será uma auditoria na Prefeitura. Assegurou que vai continuar os projetos que o tio já havia encaminhado junto aos Governos Federal e do Estado. Sua prioridade será as áreas de saúde, educação e também infraestrutura.

A juíza eleitoral Alexandra Brito, ao anunciar a finalização dos votos, disse que foi um pleito muito difícil, com ameaças de invasão na cidade, bem como ameaças de morte. Ela própria, segundo afirmou, esteve entre as pessoas ameaçadas. Daí ter reforçado o policiamento no pleito. Foram 127 policiais militares, 36 federais e 12 civis, além de homens da Guarda Municipal.

Quando foi dado o resultado final das eleições, milhares de pessoas saíram nas principais ruas da cidade, comemorando a vitória de Rorizinho. Se reuniram em frente à Igreja Matriz de Santo Antônio, ao lado da Prefeitura. Junto com lideranças políticas, entre eles o deputado estadual Wellington Landim, e o deputado federal Arnon Bezerra, além do tio Fernando Luz, o prefeito eleito rezou com a multidão, agradecendo a vitória. Ele tem apenas 22 anos, e é estudante de Administração. Sua posse será no próximo dia 19, na Câmara Municipal.

Ele assume no lugar do provisório, João Cláudio Brito Coutinho, antes presidente da Câmara Municipal, que desde o último dia 4 de julho está à frente do Executivo, interinamente, depois da cassação de Fernando Luz, por abuso de poder há dois.

A campanha na cidade sempre teve como característica uma disputa acirrada. O esquema policial prevaleceu durante o dia inteiro, até o final do processo de apuração dos votos.

Uma chuva inesperada, em pleno setembro, no Cariri, não facilitou a vida da grande maioria dos eleitores, que deixou para votar na parte da tarde.

Elizângela Santos
Repórter
Compartilhar:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

faça aqui seu comentarios sobres materia postadas.

Quixelô FM 104,9

Nosso Facebook

Seguidores

Meus Blogs

As Mais Lidas do Mês

De Onde nos Visitam