Longin no Blog Aqui

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Ceará: Outro policial é fuzilado na rua


Subiu para 16 o número de policiais assassinados, neste ano, no Ceará. Foi o quarto caso em apenas uma semana. A mais recente vítima da violência foi o sargento PM Pedro de Albuquerque Simplício, que era destacado no 12ºBPM (Caucaia) e, horas antes do crime, havia sido colocado em liberdade após cumprir detenção disciplinar no Presídio da Corporação.

Ele foi assassinado com oito tiros, na noite de ontem, na zona oeste de Fortaleza. O crime ocorreu por volta das 21h50, na Rua Doutor Hugo Rocha, no bairro Álvaro Weyne. Os assassinos são dois homens que fugiram do local em uma moto preta. Ambos estavam sem capacetes. O garupeiro vestia uma camisa preta. O comparsa, na garupa, trajava uma camisa cinza com detalhes azuis. Eles seguiram em fuga em direção ao Jardim Iracema.

Mistério

A Polícia não sabe ainda o que motivou o crime. No local do crime surgiram boatos - não confirmados - de que os assassinos tinham como ´alvo´ um filho do PM. Baleado, o militar ainda foi socorrido por populares. Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) compareceu ao local, mas logo os socorristas constataram o óbito do militar.

Dezenas de policiais em várias viaturas da PM (Ronda do Quarteirão, Policiamento Ostensivo Geral, Batalhão de Choque e motopatrulhas do Raio) compareceram ao local do crime. Até o encerramento desta edição, a Polícia não havia prendido os autores da execução.

Com a morte do sargento Simplício subiu para 16 os crimes contra policiais no Ceará em 2011, contra 19 casos em 2010.

Na quarta-feira da semana passada, dia 28, o inspetor da Polícia Civil, Daniel Soares de Sousa, 29, foi baleado durante um assalto, em Messejana, e morreu no dia seguinte.

No sábado passado (1º ), o sargento reformado da PM José Paulo de Freitas, 53, foi assassinado, a tiro, dentro de um bar, no bairro Álvaro Weyne. Menos de 24 horas depois, outro PM, identificado como sendo o soldado Murilo Brito Costa, 24, que estava de licença para tratamento de saúde, foi assassinado, com vários tiros, no bairro Bonsucesso (zona sul). Uma semana antes, um policial militar e um policial civil foram mortos em Juazeiro do Norte.

Fonte: Diário do Nordeste
Compartilhar:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

faça aqui seu comentarios sobres materia postadas.

Quixelô FM 104,9

Nosso Facebook

Seguidores

Meus Blogs

As Mais Lidas do Mês

De Onde nos Visitam