Longin no Blog Aqui

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Ceará receberá R$ 180 milhões para projetos


O Ceará receberá R$ 180 milhões em 1.500 projetos simplificados de abastecimento d´água para consumo, além de mais de R$ 6 milhões em 8 mil kits de irrigação até 2014. O secretário do Desenvolvimento Agrário, Nelson Martins, trouxe a notícia após reunião, em Brasília, com o secretário do Desenvolvimento Regional, Sérgio Castro, do Ministério da Integração. A entrega faz parte do Programa Água para Todos do Governo Federal.
Serão investidos em média R$ 120 mil em cada sistema de abastecimento d´água, atendendo ao todo cerca de 60 mil famílias. O sistema inclui rede de distribuição com poço e adutora. Segundo Nelson Martins, o Governo do Estado formará um comitê gestor do Programa Água para Todos, com o objetivo de definir a execução do programa no Ceará. Afirmou que serão 600 projetos já em 2012 e os outros implantados até 2014. “Vamos trabalhar para organizar logo a formação do comitê, para implementar as ações”.
Referente aos kits de irrigação, estão garantidos 500 kits para 2011, no valor de R$ 785,00 cada e mais 2 mil para o próximo. “Os outros kits serão instalados nos anos seguintes”. O equipamento vai permitir a irrigação de até 2.000m² por gotejamento. Para a instalação dos kits, foi firmado um convênio entre a SDA e o Departamento Nacional de Obras contra as Secas (Dnocs).
Enquanto se espera mais estes recursos para projetos hídricos em Municípios do interior, o quadro do abastecimento de água potável em comunidades do Sertão Central continua praticamente o mesmo levantado pela reportagem há pouco mais de 60 dias. Em setembro, o coordenador do Operação Pipa, programa emergencial na responsabilidade da 10ª Região Militar (10ª RM), abrangendo o Ceará, Piauí e um Município da Bahia, coronel Claudemir Rangel, estimava que cerca de 150 Municípios precisariam da assistência emergencial a partir do início de outubro. Naquele período 39 cidades estavam sendo atendidas. Hoje, são 37, dois a menos. Outros 50 estavam com o abastecimento temporariamente suspenso. Não havia certeza de quando os carros-pipa iriam começar a chegar.
Para a maioria das comunidades rurais do Ceará a solução não está à caminho, mas no caminho. O problema do abastecimento de água potável pode ser resolvido com a entrega das adutoras concluídas e a construção de mais cisternas e redes de abastecimento de água. Associada aos programas de construção de cisternas, a escassez hídrica no sertão durante o período da estiagem pode acabar. Não será mais necessário aguardar o carro-pipa. Esse posicionamento tem sido discutido e apresentado como proposta de política pública para solução definitiva do problema por representantes sindicais espalhados por todo o Estado. O posicionamento dos representantes das comunidades e trabalhadores rurais é praticamente unânime. Esse sofrimento poderia ter acabado há muito tempo.
Burocracia
Entretanto, ao longo dos anos a maioria das Prefeituras só tem se preocupado em recorrer ao programa emergencial do Governo Federal, o Operação Pipa. A burocracia e a demora dificultam ainda mais o aceso à água potável. Mesmo assim, conforme o secretário de políticas agrícolas da Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura do Estado do Ceará (Fetraece), Luiz Calos de Lima, a situação ainda não é preocupante no Ceará. A Fetraece ainda não começou a receber demanda acentuada de pedidos para o abastecimento emergencial de água. A situação é considerada normal. Os pedidos devem aumentar somente a partir da primeira quinzena do mês.
Solicitação
O presidente do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Ibaretama, Francisco de Oliveira Lima, confirma o diagnóstico da Fetraece. As comunidades deste Município, vizinho a Quixadá, ainda não começaram a solicitar o auxílio dos carros-pipa. Ainda tem um pouquinho de água nas cisternas, o Açude Macacos está com 81,6% de sua capacidade de armazenamento de água, 10.320.337 m³. Atualmente, 238 caminhões prestam apoio ao Programa Emergencial de Distribuição de Água.
Compartilhar:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

faça aqui seu comentarios sobres materia postadas.

Quixelô FM 104,9

Nosso Facebook

Seguidores

Meus Blogs

As Mais Lidas do Mês

De Onde nos Visitam