Longin no Blog Aqui

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Agricultores do Ceará andam até 4 km para pegar água

Em Canindé, na Zona Norte do Ceará, agricultores da zona Rural andam até quatro quilômetros por dia para encher baldes com água. “Tem dias que ainda volto para buscar de novo”, diz a agricultora Ana Maria Barros Pereira. Sem água no açude da região onde mora e nas torneiras, ela conta com a água do açude mais próximo que ainda não secou totalmente. Em 2012, o Ceará sofre uma das piores secas dos últimos 40 anos, de acordo com a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). Segundo o órgão, o nível de precipitação no estado neste ano é 10 vezes inferior à média histórica anual. Devido à falta de chuva, 174 das 184 cidades do Ceará estão em situação de emergência. A escola pública da cidade funciona há dois meses com ajuda dos vizinhos, que cedem água que é servida aos alunos. A própria escola não tem como armazenar a água. Em Milhã, no Sertão Central do Ceará, a cidade corre o risco de sofrer um colapso de água, de acordo com o secretário da cidade Rony Figueiredo. “Não existe água no município de Milhã. Estamos pedindo socorro ao governador do estado, defesa civil, governo federal para que a gente possa suprir a necessidade de água no nosso município”, diz Figueiredo. Segundo a Defesa Civil do Estado do Ceará, a operação Carro-Pipa, que leva água a poços por meio de carros-tanque, está atuando em 27 cidade onde a situação é mais crítica. “Paralelamente a esse serviço estamos fazendo a limpeza e bombeamento de água dos poços profundos. Em breve estaremos instalando 230 poços no Ceará”, afirma major Wagner Maia, da Defesa Civil. (G1)
Compartilhar:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

faça aqui seu comentarios sobres materia postadas.

Quixelô FM 104,9

Nosso Facebook

Seguidores

Meus Blogs

As Mais Lidas do Mês

De Onde nos Visitam