Longin no Blog Aqui

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Padres Camilianos assumirão direção do Hospital Regional de Iguatu na próxima sexta-feira (01).

Está prevista para a próxima sexta-feira, 01 de novembro, a posse da Sociedade Beneficente São Camilo, junto à direção geral do Hospital Regional de Iguatu. A solenidade está marcada para acontecer às 18 horas, no auditório da própria unidade de saúde. O plano de parceria entre o Município de Iguatu e a Sociedade Beneficente será de 20 anos, podendo ser rompido a qualquer tempo por qualquer uma das partes, sem multas ou prejuízos. No entanto, essa possibilidade não está prevista pela Prefeitura de Iguatu, já que a gestão dos hospitais pelas fundações é uma tendência atual e vem ocorrendo com êxito em várias regiões do País. No Ceará os exemplos vêm das cidades de Crato, Itapipoca, Tianguá e Tauá. A transferência da gestão do Hospital Regional de Iguatu para a Ordem Camiliana é uma luta que teve início ainda em 2011, no mandato do então prefeito Agenor Neto. Na época o projeto foi muito criticado e perseguido pelo grupo de oposição política local, que patrocinou audiências públicas, manifestos e outros entraves burocráticos, na tentativa de tentar impedir a concretização do convênio. A posse dos Camilianos na gestão do Hospital de Iguatu, também estabelece a concretização de um sonho do ex-prefeito Agenor Neto e do seu pai, o médico e ex-deputado José Ilo Alves Dantas, que mesmo com problemas de saúde, foi um dos que abraçaram a causa, na certeza de que estaria trazendo o que há de melhor para administrar um hospital público, priorizando assim as pessoas mais pobres da região. "Esta foi mais uma derrota dessa gente que não traz nada para a melhoria da saúde do nosso povo" disse Agenor Neto. De acordo com o prefeito Aderilo Alcântara, a expectativa é que haja um salto de qualidade no atendimento do Hospital Regional, que atualmente presta 100% de seu atendimento ao Sistema Único de Saúde (SUS). "A proposta deles é realizar investimentos no Hospital, garantindo assim melhorias no atendimento às pessoas mais pobres de Iguatu e região, não havendo, portanto, prejuízo nenhum no atendimento do SUS, que continuará com a mesma demanda", disse o gestor. (Redação: Luiz Vasconcelos).
Compartilhar:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

faça aqui seu comentarios sobres materia postadas.

Quixelô FM 104,9

Nosso Facebook

Seguidores

Meus Blogs

As Mais Lidas do Mês

De Onde nos Visitam