Longin no Blog Aqui

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Audiência Pública em Quixelô debate a falta de juiz

A Câmara Municipal de Quixelô promoveu na manhã desta terça-feira, audiência pública para discutir a falta de juiz na comarca local. A reunião contou com a participação de parlamentares municipais, advogados e representantes da subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). O presidente da subseção da OAB, Marco Sobreira, considerou a situação grave ante a falta de juízes titulares em várias comarcas do Interior do Ceará. “Infelizmente esse é o quadro geral e é uma triste realidade que não se concebe”, disse. “Não há solução à vista, pois o próprio presidente do Tribunal de Justiça disse que não vê a hora de entregar o cargo”. O advogado Mário Leal considera a situação atual um dos piores momentos enfrentados pelo poder Judiciário. “É uma vergonha e a população está sem o direito à Justiça, pois milhares de processos se acumulam nos fóruns”, frisou. “É um momento preocupante”. Foi elaborado um documento ‘Carta de Quixelô’ para ser encaminhado ao presidente do Tribunal de Justiça e ao governador do Estado. O advogado e vice-presidente da subseção da OAB, Cléber Colares, disse que o Interior está sem juiz e defendeu a realização de manifestações e campanha ampla em Fortaleza. “É preciso reunir todos os advogados do Interior para uma grande manifestação em frente ao Tribunal de Justiça do Ceará”, defendeu. Esse mesmo pensamento apresentou o vereador, Samuel Araújo. “Vamos organizar nossa luta e dá um grito geral”, defendeu. “Precisamos e queremos juiz no Quixelô”.
Compartilhar:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

faça aqui seu comentarios sobres materia postadas.

Quixelô FM 104,9

Nosso Facebook

Seguidores

Meus Blogs

As Mais Lidas do Mês

De Onde nos Visitam